BREAKING NEWS

[+18] Sua filha vai transar, e aí, o que fazer?

Sua filha vai transar, e aí, o que fazer?

Só pra te lembrar: assim como você foi com tudo pra cima da sua mulher, no caso, mãe da sua pupila, sua menina dos olhos também passará a ser alvo de conquistas de outros caras um dia nessa coisa louca que a gente chama de vida. Sendo assim, já que sua garota não é a Rapunzel e não tem como você deixá-la presa na torre, o ideal é se preparar para o que vai acontecer, já que as crianças crescem e a angústia aumenta.

O mundo em que vivemos é cheio de armadilhas, e por instinto preservamos aqueles que amamos, mas será que agiríamos certo ao privar nossas filhas de tomarem suas próprias escolhas? Mais que isso, nós (pais) temos jogo de cintura para lidar com a perda da virgindade de nossas filhas? Para responder essas e outras perguntas, nós batemos um papo com a psicóloga e psicanalista Lilia Franceschini, que nos deu algumas dicas de como agir tanto no momento da perda da virgindade, quanto no que o antecede, além de dicas para se relacionar melhor com o namorado dela e de como agir caso você seja um pai solteiro ou viúvo.

# 1
Evite se posicionar de forma muito conservadora, acreditando que você “perdeu” sua filha, pois esse papel acaba por criar bloqueios no relacionamento e vai afastá-la nesse momento que ela vai ter muitas dúvidas.

# 2
Evite se aproximar em excesso, como se desejasse resgatar sua filha para a infância “perdida”, esse exagero de coleguismo e até mesmo de instruções pedagógicas em relação ao sexo, também leva ao distanciamento.

# 3
A melhor forma de lidar com essa realidade é permitir que sua filha converse com você, deixar o terreno livre para que ela se posicione e a partir dessa escuta você poderá se colocar.

# 4
É comum que haja uma rivalidade inicial entre o pai e o namorado da filha, mas nesse caso é importante que se estabeleça um ambiente agradável dentro da família para receber o pretendente.

# 5
Quanto mais próximo você estiver da sua filha e do namorado dela, maior será a chance dela procurá-lo para conversar sobre o relacionamento.

# 6
Considerar o namorado um invasor irá apenas afastar você da sua filha.

# 7
É normal que adolescentes falem mais de sexo com os amigos do que com os pais, não é bom forçar a menina para que ela abra sua intimidade, o importante é que ela saiba que tem espaço para falar quando realmente for necessário.

# 8
A ausência da figura materna poderá se fazer mais evidente nesse momento, mas certamente haverá alguém que ocupa essa posição de confidente na vida da jovem, o pai apenas deve ficar atento em relação ao quanto essa pessoa realmente está buscando ajudar.

# 9
A fantasia tem um papel predominante na importância que o pai confere a virgindade da filha. As lembranças da sua própria iniciação sexual e até mesmo do seu comportamento sexual adulto vem de encontro com seus temores e projetam fantasias variadas sobre os desejos da sua família.

# 10
Vale lembrar também que a iniciação do filho homem também pode ser problemática, pois se a filha carrega a obrigação da virgindade, o menino carrega a necessidade da virilidade.

Colaborou Lilia Guerrero Franceschini(liliagfranceschini@gmail.com), psicóloga e psicanalista, especialista em Psicologia Clínica pela PUC-SP

Vi no blog: AreaH

Share this:

Postar um comentário

 
Back To Top
Copyright © 2015 Ninja Nerd. Designed by OddThemes