BREAKING NEWS

[Humor] Viagem à Punhetolândia!

Viagem à Punhetolândia! Mundo Nerd Info

O dia que Marcinha pediu ao gênio da lâmpada para saber o que seu namorado pensava quando praticava o 5 contra 1.

Avenida Paulista, 06 de setembro de 2002.

- Ai meu dedão, caralho! – berrou Marcinha, após chutar uma caixa de papelão que continha uma lâmpada mágica dentro.

- Você tem direito a um desejo! E seja rápida, meu bem, porque hoje meu dia está bem cheio e não quero perder o próximo capítulo de Império.

- Morgan Freeman?

- Não, eu sou o Lázaro Ramos com maquiagem de velho. Claro que eu sou o Morgan Freeman, bitch! E, acredite se quiser, agora eu estou fazendo um “bico” de gênio da lâmpada. Cansaram de me escalar para fazer o papel de presidente dos Estados Unidos no cinema. Fazer o quê? É a vida! Mas vamos logo ao que interessa: já sabe o que vai pedir?

Marcinha apertou o lábio inferior com os dedos, pensou, pensou e pensou; e, diferente das sortudas anteriores - que haviam pedido bundas sem celulite, Yakults de dois litros e noites calientes com o Malvino Salvador -, ela fez um estranho e inédito pedido:

- Quero saber o que o meu namorado imagina quando está batendo punheta!

O gênio Morgan então arregalou os olhos e chegou a pensar, seriamente, em negar aquele desejo que só poderia terminar em homicídio ou divórcio, porém, por não querer infringir as regras daquele negócio milenar, ele apenas fez o que a moça pediu.

Um milésimo depois, Marcinha se viu diante de uma longa fila de mulheres; linha que terminava em uma porta na qual estavam gravadas as seguintes palavras: “Punhetolândia do Maurício”.

- Que porra é essa? – ela pensou, mas antes que tivesse a chance de chegar a qualquer conclusão, reconheceu a própria irmã no final da fila.

- Porra, Cláudia, o que você está fazendo aqui?

- Ué, eu estou apenas esperando o Maurício pensar em mim. E torcendo para que ele não me deseje com um plug anal, como da última vez em que estreei nos pensamentos dele.

- E o que você está fazendo com essa camiseta molhada e sem sutiã, hein?

- É assim que ele gosta de me imaginar, mana.

- Você é uma vagabu... – Marcinha tentou dizer, mas, antes de concluir o insulto à irmã, uma voz robótica - como aquelas que costumamos ouvir em embarques de aeroporto -, disse:

- Cláudia Nunes, por gentileza comparecer à sala de materialização da imaginação. Favor já entrar dançando aquele funk que você dançou no último churrasco. Vá até o chão!

Marcinha até pensou em impedir a irmã, porém, travou assim que reconheceu o rosto da melhor amiga (Renatinha) em meio às moças da fila.

- Você também? Não acredito! E só de fio dental? Que porra é essa!?

E antes que a amiga começasse a se explicar, a voz robótica, mais uma vez, fez a convocação:

- Renatinha Rodrigues, corra já para a sala de materialização da imaginação. O Maurício quer ver você beijando a irmã da Marcinha. Favor colocar aquele vestido curtinho que você usou no último réveillon.

Então Marcinha, incrédula, deixou a amiga partir, respirou fundo e resolveu descobrir, uma a uma, quem eram as outras putinhas da fila.

- Quem é você?

- Sou a Solange, recepcionista da academia dele.

- E você, sua piranha?

- Não está me reconhecendo? Sou a Julia Paes, atriz pornô tupiniquim.

- E você, sua velhota?

- Mãe do Paulinho.

- Não acredito! – Marcinha pensou, ao descobrir que Maurício tinha uma tara pela mãe do melhor amigo. Mas continuou a investigação:

- E você, quem é?

Sou a Amanda, a chefe dele.

- E essa aí do seu lado, quem é?

É a Pri! Ele só nos chama juntas. Sabe como é, né? Os homens adoram pensar em ménages.

E assim Marcinha continuou, e a cada resposta que ouviu, mais chocada ficou. Até que:

- Quem é você?

- Sou a Isa, ex-namorada dele.

- E o que você está fazendo aqui – Marcinha berrou, antes de meter um tapão na cara da moça, que logo foi chamada para um suruba com gêmeas suecas de mamilos rosados e pererecas depiladas com precisão cirúrgica.

Então Marcinha, completamente encharcada de ciúmes, teve uma ideia maluca e infeliz: resolveu entrar na fila e ficar lá, plantada, até que Maurício resolvesse a convocar para alguma fantasia.

Desde aquele dia (06 de setembro de 2002), Marcinha já viu Maurício convocar, para a sala de realização da imaginação, dançarinas de axé, uma porção de “gordelícias” e, até, uma senhora de três tetas; porém, até hoje, não foi chamada. Nem para assistir.

Pobre Marcinha. Estaria bem mais feliz se tivesse feito um pedido mais inteligente, como comer Nutella à vontade sem engordar. Ou nunca mais ter TPM. Ou, até, quem sabe, se tivesse pedido para parar com essa obsessão por aquilo que acontecesse em pensamentos, e em Vegas.

Vi no blog: AreaH

Share this:

Postar um comentário

 
Back To Top
Copyright © 2015 Ninja Nerd. Designed by OddThemes