BREAKING NEWS

[Nerd] TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!

TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!

Com o fim da trilogia do Hobbit, muitos fãs ficarão órfãos da Terra-Média outra vez. Felizmente, a tomada de Erebor e a guerra do anel são uma pequena parte de todo o universo criado por Tolkien, e ele é muito maior do que você imaginava. Esta lista reúne dez curiosidades que provam bem isto!

Vale a pena lembrar que estes fatos são conhecidos por quem leu toda a bibliografia de Tolkien, mas bem desconhecidos por quem só conhece a história dos hobbits e o anel. Para quem se interessar, recomendo a leitura do Silmarillion, onde grande parte destas histórias estão incluídas!

TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
O mundo nasceu de uma canção
Primeiro havia Eru Illúvatar, e de sua mente foram criados os Ainur, criaturas divinas que existem desde antes a criação do mundo. Por ordem de Eru, os Ainur criaram uma canção com a qual deram origem a tudo o que existe. Sim, uma canção.

Ela seria perfeita não fosse por Melkor, o mais poderoso dentre os Ainur, que pouco a pouco dominou a música. Desta forma, Illúvatar propunha um tema, os Ainur o acompanhava, e Melkor fazia a sua própria melodia, sobrepujando as demais. Era como se houvessem duas canções se enfrentando; uma bela e triste, e outra alta e clamorosa, sem qualquer harmonia.

E então Eru se enfureceu, mas a partir desta canção o mundo foi criado, e a interferência de Melkor mudaria para sempre o destino da criação.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
Havia outro Senhor do Escuro antes de Sauron
A Tomada de Erebor e a Guerra do Anel são eventos que ocorrem durante a Terceira Era do Mundo, muito tempo depois da canção dos Ainur. Nesta época, o grande vilão é o Sauron, como estamos cansados de saber. O que pouca gente sabe é que, antes de Sauron, havia outro Senhor do Escuro, ainda mais poderoso – talvez o ser mais poderoso que já existiu. E este vocês já conhecem: o mesmo Melkor que tanto interferiu na canção de Eru Illúvatar.

Quando o mundo enfim foi criado, os Ainur desceram até ele para lá viver. Ali, em Eä, os mais poderosos entre os Ainur se tornaram Valar (semelhante a deuses), e os de menor poder eram chamados Maiar (anjos) – os elfos e os homens só chegariam muito depois.

Melkor pertencia ao primeiro grupo, mas, ao contrário de seus semelhantes, cobiçava o mundo para si, pois ali queria reinar como soberano. Ainda nesta época, Melkor atraiu para sua causa o mais poderoso de seus aliados, o próprio Sauron, que era um maia.

E assim começou seu reinado. Melkor foi responsável pelas maiores tragédias e desgraças da Terra-Média. Os balrogs e os dragões foram criações suas, e por sua influência muitos mortais perderam a vida pelas mãos de seus semelhantes.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
Grande parte da Terra-Média não existe mais
O reinado de Melkor se estendeu até o fim da Primeira Era, e só acabou durante a maior de todas as batalhas de que se tem notícia: a Guerra da Ira. Nestes dias, a Terra-Média estava quase abandonada pelos Valar depois de muitas tretas com certa Casa Élfica, e Melkor (agora chamado Morgoth) praticamente dominava todo o território habitado por elfos e homens. Grandes reis e heróis já estavam mortos, e as principais cidades foram destruídas e abandonadas.

A esperança para a Terra-Média estava nas mãos de Eärendil, filho de Idril (uma princesa élfica) e Tuor (um homem). Diante do sofrimento das duas raças, o mestiço decidiu fazer o impossível: partir em busca dos Valar, que agora moravam nas Terras Imortais (do outro lado do mar), para pedir ajuda.

Eärendil não só os encontrou, como também conseguiu convencê-los a declarar guerra contra Morgoth uma última vez. E assim as poderosas hostes dos Valar e dos Maiar invadiram a Terra-Média. Melkor teve os pés decepados e foi aprisionado para lá dos Portões da Noite, no Eterno Vazio. Ancalagon, o mais poderoso dos dragões, caiu sobre as gigantescas torres das Thangorodrin, e sua destruição mudou para sempre a Terra-Média.

O mar invadiu grandes abismos, rios pereceram ou encontraram novos leitos, vales foram elevados e colinas arrasadas. E assim grande parte da Terra-Média, chamada Beleriand, deixou de existir.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
A Luz era um problema a parte
Pois é, não havia Sol quando os Valar desceram até Eä. À exceção das estrelas criadas por Varda, a escuridão reinava absoluta. Mas o vala Aulë, a pedido de sua esposa, Yavanna, criou duas poderosas lamparinas que foram iluminadas por Varda e colocadas em cima de duas colunas altíssimas; uma ao norte, e outra ao sul da Terra-Média.

Por algum tempo, elas iluminaram a vida boa dos Valar, mas foram logo destruídas por Melkor, que invejava as belezas que seus semelhantes haviam criado. Com a queda das duas colunas, a primeira morada dos Valar foi totalmente arrasada, e por isto eles se mudaram para as Terras Imortais, bem a Oeste do mundo.

Ali, uma nova fonte de Luz brotou da terra. Eram as Duas Árvores de Valinor, as mais célebres das criações de Yavanna. Uma era dourada, e a outra prateada. Em sete horas, cada uma delas atingia a plenitude e depois voltava a ficar pequena. Cada uma “nascia” uma hora depois de a outra deixar de brilhar, logo havia dois períodos do dia em que a luz das árvores se fundia em uma só.

Nunca houve luz mais bela, e até mesmo o Sol ou a Lua são uma pequena lembrança do que foram as Árvores de Valinor, já que elas, só para variar, também foram destruídas por Melkor, e o mundo voltou a ficar escuro.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
O Sol e a Lua são seres vivos
Diz-se que Yavanna muito chorou pela destruição das Árvores de Valinor, mas, quando a esperança estava perdida, uma das árvores produziu uma enorme flor de prata, e a outra, um único fruto de ouro. Yavanna entregou-os a seu marido, Aulë, que forjou duas naves para conservar seu brilho. Estas naves foram entregues a Varda e erguidas até o firmamento, não tão distantes quanto as estrelas. E ela lhes deu o poder de transitar pelos céus.

E então os Valar escolheram dois Maiar para guiar as naves. Arien guiava o sol e Tilion, a lua. Arien era um espírito de fogo tão poderoso que seus olhos eram brilhantes demais para se contemplar. Ela abandonou a forma feminina que ostentava e se tornou uma labareda nua para toda a eternidade.

Já Tilion era um caçador do vala Oromë, amante da prata. Uma vez nos céus, Tilion era atraído pelo esplendor de Arien, e passou a persegui-la, como sempre fará.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
Aragorn e Arwen eram parentes
Lembra-se de Eärendil, o marinheiro que convenceu os Valar a salvar a Terra-Média? Pois então, antes disso ele se casou com Elwing, que descendia de uma maia, e teve dois filhos – um deles vocês conhecem bem; Elrond e Elros.

Como tanto o sangue dos elfos quanto o dos homens corriam em suas veias, foram dadas a eles a oportunidade de escolher a qual Família pertenceriam. Elrond preferiu ficar entre os elfos, ao passo que Elros se tornou um Rei entre os homens – o mais poderoso que já existiu. Ainda assim, Elros não escapou da morte que atinge a todos os humanos, e morreu aos quinhentos anos, ao contrário de seu irmão imortal.

Duas Eras do Mundo se passaram até Aragorn nascer e se casar com Arwen, filha de Elrond e, portanto, sobrinha de Elros, de quem Aragorn descendia.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
A idade de Galadriel
Não é novidade para ninguém que os elfos são imortais. Os sessenta anos que se passam entre os eventos mostrados em O Hobbit e O Senhor dos Anéis não foram nada para os elfos que aparecem em ambas as trilogias, como é possível perceber pela aparência.

Difícil é tentar saber exatamente quem é mais velho que quem, e quão velho eles realmente são. Quem mais se destaca neste ponto é a belíssima Galadriel, nascida ainda nos Anos das Árvores, e viva durante as Três Eras do mundo (cerca de SETE MIL anos).

Durante este tempinho modesto, a elfa esteve presente em importantes capítulos da história de Arda, como a destruição das Árvores de Valinor, a Revolta de Fëanor, a passagem pelo Helcaraxë, a chegada dos homens, as guerras contra Morgoth, o romance de Beren e Luthien, a destruição de Beleriand, a ascensão (e a queda) de Númenor, a fortificação de Mordor, a Última Aliança, a forjadura dos Anéis do Poder e, finalmente, a tomada de Erebor e a Guerra do Anel.

Não é a toa que ela é uma das criaturas mais poderosas da Terra-Média.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
A “morte” dos elfos
Como já foi dito, os elfos são imortais, e não podem morrer por velhice ou doença. Ainda assim, nada os impede de enfiar um punhal no próprio peito.

Neste caso, Eru reservou a eles um destino diferente que o dado aos homens, e mesmo em sua “morte” eles continuam presos ao mundo – diferente dos humanos, cujo destino da alma não é conhecido.

O espírito do elfo morto é convocado até os Salões de Mandos, no extremo ocidente das Terras Imortais, onde deve permanecer pelo tempo que lhe for determinado. Mandos é o vala guardião das Casas dos Mortos, e o responsável por esta passagem.
A alguns espíritos é dada a oportunidade de voltar à vida através de uma reencarnação, embora pouco se conheça a respeito de elfos reencarnados.

Sabe-se que eles assumem uma forma bem semelhante à usada na “outra” vida, e que até mesmo podem se lembrar dela. Outros espíritos, no entanto, não podem retornar até o fim dos tempos.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
Receita de Anão
Os Valar sempre souberam que os elfos, então chamados Filhos de Illúvatar, um dia chegariam a Terra-Média, mas não faziam ideia de quando isto iria acontecer. Aulë, o vala ferreiro e mestre de todos os ofícios, estava muito ansioso por sua chegada, e não aguentou esperar.

E então, escondido, criou os Sete Pais dos Anões num palácio abaixo das montanhas na Terra-Média. E ele os criou a sua maneira, pois ainda não sabia bem como seriam os elfos, e tornou-os duros, teimosos e obstinados para que pudessem se opor às criaturas de Melkor. Eles são também os mais resistentes dos mortais.

Mas Eru sabia o que Aulë estava fazendo e, quando ele já estava ensinando uma língua aos anões, todo satisfeito, o Todo-Poderoso falou com ele, brabo. Aulë tremeu nas bases, e teve de se explicar. Sem esperanças, crente da sua desobediência, o vala pegou um martelo e, às lágrimas, o ergueu, prestes a destruir suas pequenas criaturas.

E então Eru se apiedou, e permitiu que os anões vivessem sob uma única condição: eles seriam transformados em pedra, e só voltariam à vida após a chegada dos elfos, pois eles, e mais ninguém, deveriam ser os primeiros a habitar a Terra-Média. E assim aconteceu.


TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!
A origem “angelical” de Gandalf
Reconhece o carinha no desenho? Não? É o Gandalf!

Bom, ao menos era essa a sua aparência quando ainda vivia nas Terras Imortais, e atendia pelo nome de Olórin, o mais sábio dos Maiar. Isto mesmo, o mago não é humano, e muito menos mortal. Ele existe desde antes a criação do mundo, e chegou a ele no momento de sua criação.

A história é a seguinte: quando Sauron voltou a ganhar poder na Terra-Média, os Valar se reuniram e acharam melhor interferir, ainda que de uma forma mais sutil. Por isso, com o consentimento de Eru, cinco membros de sua elevada ordem abandonaram as Terras Imortais e chegaram à Terra Média, trajando corpos mortais e frágeis, sujeitos aos mesmos sofrimentos que os homens comuns. E eles se tornaram viajantes, reunindo conhecimento e interferindo na vida de elfos, anões e homens (e hobbits), de modo a combater as investidas de Sauron.

Gandalf era um deles. Saruman também, bem como Radagast (acredite, ele é muito mais poderoso do que aparenta). Os outros dois são conhecidos apenas como Magos Azuis, e pouco se sabe sobre eles ou seu destino.

Foda este velho.

TOP 10 curiosidades sobre a Terra-Média!

Vi no Blog: LH

Share this:

Postar um comentário

 
Back To Top
Copyright © 2015 Ninja Nerd. Designed by OddThemes