BREAKING NEWS

[Nerd] Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!

Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!

O homem depende de explicações racionais, ou ao menos plausíveis, para criar parâmetros, tomar decisões e seguir adiante. Isso ocorre repetidamente todos os dias desde que nossos ancestrais resolveram usar o raciocínio para sobreviver. Mas o que acontece quando, simplesmente, não há respostas para certos acontecimentos? Como reagimos?

Ao longo de milhares de anos, a humanidade tem colecionado alguns fatos misteriosos que desafiam a razão. São acontecimentos que intrigam estudiosos e mexem com a imaginação de pessoas comuns, colocando todo o pensamento lógico em cheque. Ninja Nerd separou 5 deles:


Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!
As Linhas de Nazca - Desenhos gigantes no Peru
Um dos maiores mistérios da humanidade está cravado há mais de 2 mil anos ao longo de milhares de quilômetros em áreas desertas no sul do Peru. As Linhas de Nazca são traçados imensos que formam figuras de animais, seres humanos ou mesmo de desenhos geométricos e só podem ser vistos quando se sobrevoa a área. Há teorias que tentam explicar o fenômeno associando-o a raças ancestrais, calendários astronômicos e mesmo a intervenções extraterrestres. Os geoglifos, como são chamados, estão em uma área protegida pelo governo peruano. Mesmo assim, no fim de 2014, ativistas do Greenpeace entraram ilegalmente nesse espaço para fazer um protesto. A ação gerou indignação por toda a parte e a ONG está sendo processada.


Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!
Os cães e a Ponte Overtoun na Escócia
O que faria dezenas de cães saltarem inesperadamente para a morte de uma ponte a 50 metros de altura? Tal fato ocorreu na Ponte Overtoun, construída em 1859 perto de Milton, em Dumbarton, na Escócia. Desde 1960, pelo menos 50 animais de raças com focinhos longos (collie, labrador e outros cães de caça) pularam dessa ponte – sempre do mesmo lado. Alguns deles que conseguiam sobreviver e voltavam à ponte e repetiam a ação. Veterinários foram enviados, especialistas tentaram decifrar o enigma e teorias foram desenvolvidas. Há quem defenda que interferências sonoras teriam desnorteado os cães e os que atribuem a causa ao cheiro característico do visom americano, um roedor que vive na área. Mesmo assim, ainda hoje atribuem-se as causas ao sobrenatural.


Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!
Crânio de Kabwe - crânio pré-histórico perfurado por uma bala
Na década de 20, o Museu Britânico recebeu um crânio humano enviado por trabalhadores de uma mina de zinco em Kabwe, atualmente Zâmbia. Chamado de “Crânio de Kabwe” ou “Homem de Broken Hill” por paleontólogos, o fóssil pertenceu a um humano de 50 anos que viveu na região há mais de 30 mil anos. No lado esquerdo do crânio, os cientistas descobriram um buraco perfeitamente redondo e plano, com 8 milímetros de diâmetro. O orifício sugere que ele foi causado por um projétil de alta velocidade, como se o homem tivesse levado um tiro. O lado oposto do crânio foi destruído, como se a bala tivesse atravessado a cabeça. Não há explicações conclusivas para o fato.


Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!
Cabelos de Anjo - Filamentos que caem do céu
Esse fenômeno raro, que ocorre com frequência na América do Norte, Nova Zelândia, Austrália e Europa ocidental, desafia explicações. Trata-se de filamentos sedosos, chamados de Cabelos de Anjo, que simplesmente caem do céu, como uma chuva. Ao serem tocados, eles “evaporam” sem deixar vestígios. Teorias os relacionavam com teias de aranhas ou algum tipo de inseto fiador de seda. Alguns estudiosos, no entanto, alegam ter conseguido amostras e o analisaram. Segundo tais relatos, eles eram formados por substâncias sintéticas. Diante disso, muitos associaram o cabelo de anjo a OVNIs e extraterrestres.


Top 5 dos mistérios que intrigam a humanidade!
Estrada de Bimini - Um caminho de pedras para Atlântida?
Em 1968, uma formação rochosa submersa foi encontrada na região ao norte da ilha de Bimini, nas Bahamas. Embora considerada por muitos como um fenômeno natural, o caminho que ganhou o nome de Estrada de Bimini impressiona turistas mergulhadores e cientistas por causa do arranjo e do tamanho das pedras. Alguns associam tal achado à cidade perdida de Atlântida, que foi citada pelo filósofo Platão no ano de 370 a.C. Em uma expedição recente, o arqueólogo amador Greg Little descobriu outra linha de rochas com a mesma formação, abaixo da primeira, o que sugere um muro alto. Esse conjunto de blocos imensos tem padrões retilíneos e está sob uma faixa de 6 a 10 metros de água. Eles formam um “pavimento” de pedras planas retangulares, de tamanhos e espessuras diferentes.


Postagem Original: AreaH

Share this:

Postar um comentário

 
Back To Top
Copyright © 2015 Ninja Nerd. Designed by OddThemes